DestaqueEsporte

Time paulista confirma morte cerebral de jogador douradense

Atleta tinha 21 anos e permaneceu uma semana internado na UTI

O XV de Piracicaba, time do interior paulista, confirmou, na manhã desta segunda-feira (1º), a morte cerebral do douradense e lateral-direito Cláudio Canavarros. O jogador tinha 21 anos e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Emergência do Coração (Emcor), em Piracicaba, desde a última segunda-feira (25), depois de sofrer um mal súbito durante o treino da equipe no Estádio Barão da Serra Negra.

Encaminhado à Santa Casa depois de receber os primeiros socorros, foi detectada a parada cardíaca e um edema cerebral no jogador.

Ao longo da semana, o quadro de saúde de Canavarros havia sofrido alterações. Na noite de quarta-feira, aliás, ele foi submetido a uma cirurgia para a colocação de um cateter na parte frontal do crânio para medir a pressão no cérebro, que estava com inchaço depois de ficar comprovado o edema.

Desde então, o estado de saúde dele era apontado como grave e sem evolução pelos médicos que o acompanhavam de perto no Emcor.

Revelado nas categorias de base do Santos, clube pelo qual foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2014, Canavarros ainda acumula passagens por Grêmio e Inter de Lages. Neste último clube, ele disputou a Série D do Brasileiro no ano passado e despertou o interesse do XV para o Campeonato Paulista.

O local e horário do velório e do enterro do jogador ainda não foram informados pelo clube piracicabano.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close